Em Brasília, presidente Jair Bolsonaro realiza videochamada para participar de manifestações pelo voto impresso.| Foto: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro voltou a cobrar a adoção do voto impresso nas eleições brasileiras. As falas ocorreram na manhã deste domingo (1), em participações remotas realizadas por ele nas manifestações realizadas em Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, todas por meio de videochamada. Em filmagem publicada no início da tarde nas suas redes sociais, o presidente aparece fazendo uma dessas transmissões, que era reproduzida em um carro de som na Esplanada dos Ministérios.

Aos manifestantes, Bolsonaro voltou a afirmar que “sem eleições limpas e democráticas não haverá eleição”, em defesa da aprovação da PEC em tramitação no Congresso, e repetiu que haveria “indícios fortíssimos de manipulação” em pleitos anteriores. O discurso tem teor similar à live realizada pelo presidente na última quinta-feira (29), na qual apresentou uma série de informações já desmentidas pela Justiça Eleitoral.

Segundo o presidente, “quem fala que ela [a votação no formato atual] é auditada e é segura é mentiroso e não tem amor à democracia”.

Ainda na postagem, Bolsonaro afirma que repetirá o procedimento para falar com os manifestantes que se reunirão na avenida Paulista, em São Paulo.