Presidente da República, Jair Bolsonaro.| Foto: Isac Nóbrega/PR

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) afirmou nesta segunda-feira (12) que o presidente Jair Bolsonaro se recusou a receber o presidente da Pfizer para uma reunião no ano passado. “O presidente da Pfizer veio ao Brasil no ano passado para oferecer vacina ao presidente Bolsonaro. Ele chegou no Palácio 8 horas da manhã, às 18 horas, olha o tempo que ele ficou lá, o chá que ele levou, às 18 horas vieram dizer a ele que o presidente não poderia atendê-lo”, disse Kajuru em entrevista à CNN Brasil.

Segundo o senador, um ex-ministro da Saúde presenciou a situação. Kajuru, no entanto, não citou qual ex-ministro seria e disse apenas que “na hora certa todo mundo saberá”. Segundo a CNN, a Pfizer disse que as informações do senador não procedem.

Bolsonaro usou o Twitter para rebater o senador. “Mais uma mentira do Kajuru. Quem seria o ex-ministro da Saúde citado pelo senador? Com a palavra aquele que me gravou, obviamente, sem autorização”, disse o presidente. Estiveram no comando da pasta durante a pandemia: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.