Esportes

Robert Scheidt é oitavo na classe laser e australiano fica com ouro

O cinco vezes medalhista olímpico Robert Scheidt terminou na oitava posição na classificação geral da classe laser, neste domingo, 1º, nos Jogos de Tóquio.

Ouro em Atlanta 1996 e Atenas 2004, prata em Sidney 2000 e Pequim 2008 e bronze em 2012 (nessas duas últimas competindo pela classe star), o velejador brasileiro terminou em nono na medal race (última etapa da competição), prova que definiu a medalha de ouro para o australiano Matt Wearn.

Já a prata foi para o croata Tonci Stipanovic e o bronze ficou com o norueguês Hermann Tomasgaard.

Aos 48 anos, Scheidt encerra sua sétima olimpíada numa colocação inferior à registrada na Rio 2016, quando ficou em quarto no geral.

Mesmo sem chegar ao pódio na capital japonesa, Robert Scheidt segue sendo, ao lado do também velejador Torben Grael, o maior medalhista olímpico do Brasil.